Renovação Carismática Católica - Diocese de Joinville SC
Notícias da Igreja
 
 
08
Set
Brasileiros em Roma se unem às comunidades do País para rezar pelo Brasil
Brasileiros em Roma se unem às comunidades do País para rezar pelo Brasil

Relato recebido, nesta sexta-feira, 8 de setembro, diretamente do Colégio Pio Brasileiro, em Roma. São notícias do “Dia da Pátria”.


Leia o texto:


A Festa do Dia da Pátria no Colégio Pio Brasileiro é esperada por todos. Inúmeros religiosos e religiosas, sacerdotes e leigos acorrem à nossa Casa, que é uma forte referência para brasileiros que vivem em Roma. Bem disse o Papa São João Paulo II, quando nos visitou: “O Colégio Pio Brasileiro é um pedacinho do Brasil em Roma”. Neste ano, um expressivo número de pessoas se fez presente na Capela de Nossa Senhora Aparecida, no interior do Colégio.


A Missa foi presidida por Dom João Braz de Aviz, Cardeal Prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica. Dentre uma centena de concelebrantes estiveram presentes Dom Geraldo Majella Agnello, Cardeal Arcebispo Emérito de São Salvador da Bahia; Dom Julio Endi Akamine, Arcebispo de Sorocaba; Dom Sérgio de Deus Borges, Bispo Auxiliar de São Paulo.


Várias autoridades estiveram presentes, dentre as quais destacamos: Sr. Luiz Felipe Mendonça Filho, Embaixador do Brasil junto à Santa Sé, e Sra.; Sr. Antonio de Aguiar Patriota, Embaixador do Brasil junto ao Governo italiano, e Sra.; Sr. João Carlos de Souza Gomes, Embaixador do Brasil junto a FAO, e Sra.; Sr. Embaixador Afonso Álvaro de Siqueira Carbonar, Cônsul Geral do Brasil e Sra.


Na sua saudação de acolhida, o Pe. Reitor assim se expressou. “O Ofício de Leituras da Liturgia das Horas, previsto para o dia de hoje, nos apresenta uma bela carta que Jeremias escreveu aos exilados de Jerusalém na Babilônia. O Profeta encoraja o Povo de Deus a revigorar a esperança, ainda que não pudesse ‘cantar os cantares do Senhor em terra estrangeira’, em meio ao horror da dominação, do exílio forçado e da escravidão. Disse o Profeta: ‘Construí casas e nelas habitai-vos; plantai pomares e comei os seus frutos (…). Sim, eu conheço os desígnios que formei a vosso respeito, desígnios de paz e não de desgraça, para vos dar um futuro e uma esperança’ (Jr 29,5.11).


Nós que nos encontramos num exílio missionário, aqui em Roma, queremos enviar uma carta aos irmãos e irmãs do Brasil, através desta celebração, escrita com nossos sonhos de esperança, de justiça, de paz e de honestidade, neste momento dramático em que vive nossa nação. Em profunda sintonia com a CNBB, realizamos um dia de oração e de jejum, que se conclui com esta missa solene. Encorajados pela mensagem do Conselho Permanente da CNBB, nos unimos às nossas comunidades, que se mobilizam pacificamente na defesa da dignidade e dos direitos do povo brasileiro, ao celebrar o ‘Grito dos excluídos’, propondo ‘a vida em primeiro lugar’”.


Após a Missa, o Sr. Embaixador do Brasil junto à Santa Sé ofereceu, no Salão de Atos do Colégio, um coquetel a todos os presentes. Este momento de confraternização foi muito importante para o congraçamento de tantos religiosos, padres e leigos, brasileiros e amigos do Brasil. O clima de alegria contagiava a todos.


Fonte: CNBB

Compartilhe está Notícia
Indique a um amigo
 
 

Copyright © 2014 Renovação Carismática Católica - Diocese de Joinville/SC. Todos os direitos reservados.