Caríssimo leitor, há quatro atitudes de que Jesus fala em sua pregação que gostaria de partilhar com vocês como um programa para essa nossa Quaresma em 2015. Primeiro: Examina-te a ti mesmo, pois reconhecimento, o arrependimento e a confissão de pecados é parte fundamental do processo de nossa santificação. Que tal uma boa, santa e verdadeira confissão? Você ainda se lembra de quando foi seu último encontro com a Divina Misericórdia? O Tribunal do Perdão é o único lugar onde o réu confessa que é culpado e sai de lá, perdoado, livre... Sabe por quê? No confessionário existe um Deus Misericordioso e Justo que se utiliza do seu ministro, o sacerdote, para perdoar nossos pecados. Na Sagrada Confissão, Jesus vem e faz aquela faxina. Logo em seguida, Ele, de braços bem abertos, nos fascina. Como não amar este Deus? A renúncia desenha no horizonte da Igreja e, também da sociedade contemporânea, a mais genuína e indispensável lição do Evangelho. A renúncia se assenta, antes de tudo, na confiança no seu Mestre e Senhor e na mais qualificada conquista espiritual de simplicidade e humildade. Gera a coragem do desapego, a alegria da liberdade e a consciência lúcida do seu lugar, agora como orante no acompanhamento e sustento da Igreja na sua missão. Desafio este exame em sua vida: o Santo Exame do Perdão! Tire as sandálias do teu coração, pois o lugar que amas é Santo, Santo, Santo. Joelhos doloridos, sem planejamento, cria água, inflama! O desejo do Coração de Jesus é a nossa disposição em segui-Lo. Queres ouvir a Voz de Deus? Elimine as outras vozes do teu coração. Seja alcançado pela Misericórdia! Seremos salvos por obra e graça do Misericordioso Deus. Conversão é difícil demais, custa caro. Mas, não desista. A Misericórdia nos alcançará, custe o que custar! Segundo: Necessário também é pedir, buscar e bater... Fique na dependência absoluta de Deus em relação ao teu futuro, buscando-O em tudo. Ei, meu irmão... Ei, minha irmã! Confia, pois Ele tem sempre o melhor para nós. Sabe aquele manto lindo que Nossa Senhora sempre usa em suas aparições? Então, lá existe uma graça grudada para você, pois Ela é a Mãe das Graças e foi Nosso Senhor Jesus Cristo quem nos deu Maria Santíssima como Mãe. Então, peça, busque e bata... Peça muito! Não canse de buscar, bater na porta do Coração de Jesus com uma sincera oração. Jesus sempre se comove quando dobramos nossos joelhos em oração. Dirija aos céus uma bela prece, você não ficará sem resposta. Mesmo que tenham corroído as bases do teu castelo, nunca antes visitado. Mesmo que a presença de dor, ameaças, sombras e véus, queiram te perturbar. Grite forte: ‘Elói, Elói, lama sabactani?’. Olhe para o Sacrário e faça projeções, identificações e interprete o mundo... Adore teu Deus! Tenha calma! No final tudo dará certo, se ainda não deu certo é porque não chegou o final. Sinta a perda do Sagrado, pois para aprender, é necessário ser persistente, ter prazer no que se faz e, sobretudo, ousar experimentar... Experimente Jesus! Ouça as batidas do Coração Sagrado que nos diz: “Você tem valor! Tua liberdade custou todo o meu sangue! Você tem valor! Tua felicidade custou a minha vida! Tudo por amor, por ti”. Terceiro: Não se esqueça de assumir as suas convicções, firmando suas certezas. Faça o que ninguém fez! Você vai ficar ou vai sair? “Dê-cisão” em tua vida. Cisão em tudo aquilo que leva para o mal... Quaresma é tempo de vitória! A tempestade vem para nos mostrar que nosso Deus é maior que o barulho das ondas. Espere como o pescador: o peixe morderá a isca. Pode demorar, mas morderá. Essa pode ser a Quaresma da tua vida! Todo e qualquer relaxamento espiritual é sem sombra de dúvidas, perigoso! Relaxamento espiritual é um vulcão em erupção. Longe de Deus, só nos será servida a feia e estragada lavagem dos porcos. Do contrário, perto de Deus, nos será oferecido o Corpo, o Sangue, a Alma e a Divindade do Cordeiro Imolado: Jesus Cristo. É bem verdade que o diabo acusa, mas o Espírito Santo nos defende. A virtude, o bem e o mal, têm contornos definidos: a Verdade de Deus, a sua Bondade, a sua Palavra, os seus Mandamentos. Você já usou alguma parte dos 86.400 segundos do dia para agradecer o Senhor? Quarto: Por fim, não menos importante, construa bem! A parte mais importante de qualquer edificação são os alicerces. Firmando as nossas vidas na Rocha que é Cristo e a Sua Palavra, cresceremos sempre, frutificando para Sua glória. Busque pelo Senhor, dê o segundo passo, pois o primeiro é sempre de Deus! Renuncie alguns caminhos, seja feito conforme o querer de Deus. O primeiro passo é o chamado e o segundo é a resposta! Convite estranho: Vinde atrás de mim... Não à frente, não ao lado. O caminho é traçado por Ele, até porque ser cristão é obra do Espírito Santo. O que precisamos fazer? Não atrapalhar esta obra! Saia do trono e deixe Deus reinar. É preciso tirar o que está sobrando no bloco de concreto que somos nós. O Espírito Santo é o Divino Escultor e quer nos fazer santos. Devemos ter a coragem de dizer muitos nãos a tudo aquilo que é falso e errado, para poder dizer sim ao bem e à verdade. Não adianta o sucesso e no fim de tudo perder Jesus, fracassar. Ele não vê a hora de você terminar esta leitura: a quem muito é dado, Ele pode cobrar um pouco mais. Continue. Vá firme. Ele conta com você. Por fim, qual será a oração mais poderosa desta Quaresma? A sua! Comece agora mesmo a rezar. Pare de ser um “católico urubu” que vive torcendo para ver a carniça alheia e fazer a festa em cima, dizendo: Viu! Eu te falei que ia acontecer! Eu te avisei! Comece agora mesmo a rezar. O diabo está ganhando a vida de muita gente e ele não está tendo muito trabalho. Enquanto rezamos, o Espírito Santo faz a obra! Dentro do católico, existe um leão de Deus sendo alimentado com a Santa Eucaristia. Vinde, Pai dos Pobres Católicos, que insistem em desafinar! E lembre-se: Para quem reza, não existe a história de que a carne é fraca. Deus fortalece. Nem os ventos, tempestades, raios e ressacas, podem perturbar a tua luta. Monstro algum, nem incidentes e imprevistos, causarão alteração na tua busca pelo Senhor. É bom saber que tem dias que decolamos. Tem dias que não saímos do lugar. O caminho do Senhor é violento, provoca rupturas, exige conversão. O Senhor não é simplesmente o nosso amigo, Ele é o Cristo, o Filho do Deus Vivo! Assuma que você não possui as rédeas de sua vida. Lugar de criança é no banco de trás. É o Pai quem está na direção! Boa Quaresma. Caminhemos... Deus abençoe! Pe. Rodrigo Silva Pereira Paróquia Nossa Senhora Aparecida Diretor espiritual RCC Diocese de Osasco/SP

 
Indique a um amigo
 
 
Mais artigos

Copyright © Renovação Carismática Católica - Diocese de Joinville. Todos os direitos reservados