Construir um Brasil onde todos se sintam em casa

Cidade do Vaticano (RV) – Qual é o Brasil querido pelos brasileiros? E os brasileiros que vivem no exterior, como nós, como estamos vivendo a crise política, econômica e social em nosso país? Na festividade nacional do 7 de setembro, a Independência, nossos compatriotas se reuniram em Roma no Colégio Pio Brasileiro, a residência de muitos sacerdotes estudantes na Itália. Ali nós encontramos o Padre Arlindo Dias, conselheiro geral dos missionários do Verbo Divino.

Na avaliação do religioso, a sensação é que o Brasil está dividido entre os que querem que todos vivam bem, felizes e em dignidade; e os que usam os bens do país para seu próprio benefício.

“Quem quer que tenha um coração brasileiro quer ver o Brasil renascer desta catástrofe atual. E para que isto aconteça, são necessárias três coisas: que vá avante a luta contra a corrupção, que os culpados sejam punidos. ‘Ser político é trabalhar para o bem comum’; é necessária uma limpeza nos partidos, que o que foi tirado do povo lhe seja restituído”.

"Em segundo lugar, a democracia: a última palavra é sempre do povo".

"Em terceiro, não podemos abrir mão dos direitos conquistados pelos pobres. Se quisermos um Brasil com justiça e solidariedade, sem violência, é preciso tutelar as minorias, negros, pobres e mulheres". 

 
Indique a um amigo
 
 

Copyright © Renovação Carismática Católica - Diocese de Joinville. Todos os direitos reservados