Processo de canonização da Irmã Lúcia é encaminhado ao Vaticano

Nesta segunda-feira (13), data em que se completa 12 anos do falecimento de irmã Lúcia de Jesus, a Diocese de Coimbra e a Vice Postulação da causa de beatificação e canonização da pastorinha de Fátima irão encaminhar ao Vaticano o Inquérito Diocesano do Processo que busca elevar a Serva de Deus à Santidade .

A Diocese de Coimbra e a Vice-postulação da Causa realizará hoje em Portugal uma Sessão de Clausura da fase diocesana do processo de beatificação e canonização de Irmã Lúcia, o Inquérito Diocesano reúne todos os escritos da religiosa, os depoimentos das testemunhas ouvidas acerca da sua fama de santidade e das suas virtudes heroicas.

Após a Sessão de Clausura, todo o material recolhido será entregue à Congregação para a Causa dos Santos, no Vaticano, que dará seguimento, de acordo com as normas estabelecidas pela Igreja.

A vice-postuladora da causa de canonização da Irmã Lúcia, Ir. Ângela Coelho, da Aliança de Santa Maria disse que o processo diocesano resultou num documento muito extenso e que passará por um rigoroso estudo formal, que decorre das exigências definidas pela Igreja Católica neste tipo de processos.

Após os estudos da Congregação para a Causa dos Santos, se reconhecerem na Irmã Lúcia o perfil de quem viveu a configuração com Cristo, o processo será apresentado ao Santo Padre que assinará o Decreto da Heroicidade das Virtudes, proclamando-a venerável. Se ocorrer dessa forma, em seguida será necessário ainda a aprovação de um milagre para a Beatificação e de um outro para a Canonização, terminando assim este processo.

 
Indique a um amigo
 

Copyright © Renovação Carismática Católica - Diocese de Joinville. Todos os direitos reservados