De Deus é o nosso trabalho - Projeto 1º de maio

“Porque buscais entre os mortos, Aquele que está vivo?” (Lc 24,5)

Prezados irmãos e irmãs, celebramos dentro das nossas paróquias, principalmente nos últimos dias, a ressurreição de Jesus! Esta Boa Noticia movimenta nossa Igreja há séculos. O primeiro anúncio: Cristo não está morto, está ressuscitado!, se constitui até hoje a razão da nossa fé. Todos nós decidimos em algum momento das nossas vidas seguir os passos de um Deus vivo, presente e libertador.

Não entanto, quando esquecemos desta ressurreição, corremos o risco de nos deixar vencer pelas dificuldades, provações e tentações. Quando voltamos a buscar a vida na morte, no meio daquilo que não pode gerar vida, entre as coisas passageiras, perdemos o sentido da nossa existência e salvação. Quando nos incomoda menos um Jesus morto do que um vivo, deixamos que o mal vença o bem pela nossa desistência. Tudo isto aparentemente parece distante, mas acontece rotineiramente. É tempo de reconsiderar, de avaliar e de voltar ao Primeiro Amor.

Falarmos dessa rotina que nos tira a vida, não é o caso, a palavra de Deus nos diz “Porque buscais entre os mortos, Aquele que está vivo?” (Lc 24,5) O Papa Francisco nos pede para repetir e interiorizar esta frase no silêncio da nossa casa, ele esclarece que não é fácil abrir-se à Ressurreição, não é fácil levar Jesus para o trabalho, ou para casa... Como Profissionais do Reino que somos, devemos nos perguntar onde estamos procurando Jesus?, e se consideramos que O encontramos, onde é que estamos levando este Jesus Ressuscitado? Mas, se por acaso O tivermos perdido (pelo menos de vista), precisamos parar para buscar o nosso tesouro perdido, pois sem Ele nossa missão não tem mais sentido.

Este mês estamos nos preparando para celebrar a festa de São José, o nosso Primeiro do Maio de todos os anos. Preparemo-nos adequadamente para espalhar a Cultura da Vida, através das práticas Espirituais do projeto amigos de Deus da RCC Brasil: oração pessoal (diária), leitura orante da Bíblia (diária), confissão (mensal), oração do terço ou do rosário (diária), a prática do jejum (todas as sextas-feiras) e adoração ao Senhor no Santíssimo Sacramento (semanal). Neste período de 30 dias estamos convidados a rezar o terço da Virgem Poderosa. Este Primeiro de Maio deverá ser um dia de súplica e intercessão pelo nosso Brasil, visto que todos estamos vivenciando um momento de enorme tristeza e desilusão política, econômica e social, nossa resposta precisará estar à altura da situação, precisamos colocar nossos joelhos no chão.

Para os Profissionais do Reino (PdR) este ano será um ano de pastoreio e missão: onde houver um Profissional do Reino, rezaremos para constituir um Grupo de Profissionais do Reino (GPR), onde houver um GPR se procurará evangelizar novos PdR (e novos GPRs) e levantar a bandeira da missão (ação social). A nível nacional também estaremos ajudando a construir a celebração das bodas de ouro da RCC do Brasil em 2017. Nos despedimos, pedindo ao Espiríto Santo o senhorio/reinado de Jesus na vida de todo Profissional que se entenda como do Reino, nas comunidades de Profissionais do Brasil, na RCC do Brasil, na nossa Igreja Católica, nos lugares onde trabalhamos e principalmente nas nossas casas.

Que Santa Magdalena nos ensine a levar a Boa Noticia para o mundo das pequenas coisas!

Justo Emilio Alvarez Jácobo

Comissão Nacional de Profissionais (CNP-RCCBrasil)

 
Indique a um amigo
 
 

Copyright © Renovação Carismática Católica - Diocese de Joinville. Todos os direitos reservados